RH: 9 hacks para acelerar contratações em 2019

Se o seu objetivo é acelerar contratações em 2019, você precisa ler este artigo. Aqui, separamos 9 hacks de recrutamento que prometem alavancar o seu processo de contratação com um pouco menos de esforço. A partir da implementação desses hacks, prepare-se para ficar à frente da concorrência e atrair os melhores candidatos para a sua empresa.

 

Porque você precisa acelerar contratações em 2019?

O recrutamento pode ser um dos processos mais complicados pelos quais uma empresa passa ao longo dos anos de atuação no mercado. Encontrar e contratar o candidato certo é extremamente necessário para um negócio de sucesso, tendo em vista que o objetivo sempre será manter a equipe dedicada e capacitada para realizar tarefas necessárias do dia a dia.

 

Problemas com funcionários podem ser comuns e, por isso, você precisa ter estratégias consistentes. Portanto, é importante acelerar contratações e manter os melhores candidatos por perto, a fim de substituir rapidamente o seu quadro de colaboradores quando necessário.

Como acelerar contratações em 2019?

Algumas empresas fazem recrutamento interno e contam com os seus próprios departamentos de RH para anunciar vagas e novas oportunidades de carreira, outras empresas usam agências de recrutamento para buscar candidatos que se adequem à vaga disponível.

 

Independente do método escolhido, as suas técnicas de recrutamento precisam estar afiadas para trazer o tipo de funcionário certo. Além disso, é importante implementar as tendências de recrutamento mais recentes e ter ideias sólidas, para que todo o processo seja simplificado, e cause o menor incômodo possível aos demais funcionários.

 

Para auxiliar no processo de recrutamento da sua empresa, falaremos sobre 9 hacks de recrutamento que vão acelerar os seus negócios. Vamos lá?

 

1- Mídia Social: uma excelente aliada para acelerar contratações

Atualmente, não tem como fazer um processo de recrutamento sem pensar nas redes sociais. O uso de métodos tradicionais de recrutamento, como portais de emprego e jornais, pode não ser suficiente no mundo de hoje.

 

Certifique-se de que os seus anúncios de emprego nas redes sociais são profissionais e contêm o máximo de informação possível sobre a vaga. É importante destacar os benefícios, através deles os candidatos serão estimulados a entrar em contato.

 

2- Softwares de automação para recrutamento

Os softwares de automação para recrutamento com certeza devem ser explorados. Empresas e agências de recrutamento podem se beneficiar deste tipo de tecnologia que automatiza  grande parte do processo de recrutamento (como envio de e-mails e contato com os candidatos)  e, assim, aumentam a eficácia do processo.

 

3- Listas de verificação de procedimentos padrão

Grande parte do processo de recrutamento envolve procedimentos padronizados e repetitivos, que são aplicados toda vez que você contrata um novo colaborador.

 

Uma dica simples que pode salvar e otimizar o seu tempo é a criação de listas de verificação para o processo de recrutamento, bem como para o processo de integração. Considere todos os estágios envolvidos na contratação de uma nova pessoa e, a partir daí, elabore uma lista de verificação relacionada com essas atividades. Cada vez que você for recrutar um novo funcionário, passe por essa lista de verificação para garantir que nenhuma etapa tenha sido negligenciada.

4- Elabore modelos

Os modelos tornam o trabalho digital muito mais fácil. Escrevendo um novo anúncio de recrutamento cada vez que você for contratar um novo funcionário consome muito tempo. Usando um padrão para determinados processos, você melhora sua eficiência e pode aplicar o tempo em outras atividades da empresa. Por exemplo, você pode usar modelos de descrição de trabalho, convites para entrevistas e reuniões, cartas de dispensa, etc.

 

5- Testes durante a inscrição para a vaga

Os testes são uma ótima maneira de eliminar candidatos antes mesmo da entrevista. Além disso, eles podem reunir dados úteis para análise de certos aspectos da capacidade e personalidade do futuro colaborador. Você pode incluir testes simples de inglês e lógica ou testes específicos de acordo com o setor. Existem, inclusive, alguns testes online gratuitos que você pode usar se não tiver tempo para formular perguntas por conta própria.

 

6- Escolha nomes simples para a vaga

Um título simples pode fazer uma enorme diferença na hora de acelerar contratações. Ao escolher um cargo, pense na perspectiva do candidato e não use nomes complexos e confusos. Títulos simples como “diretor de vendas” e “assistente de departamento pessoal” são os mais indicados.

 

7- Mantenha o seu site atualizado

Muitas empresas não dão muita importância, mas, manter a página de “vagas” no site é fundamental. Torne a sua página de recrutamento” um portal de oportunidades, com vagas detalhadas, opções de contato e informações relevantes para que o candidato possa realmente se beneficiar deste recurso.

 

8- Mantenha contato com os candidatos regularmente

Não há nada pior do que se candidatar a um emprego e ter nenhum retorno, nem que seja um e-mail de dispensa e agradecimento. Por isso, crie linhas de comunicação específicas para todas as etapas do processo, do início ao fim.

9- Prepare-se para a entrevista

Nunca realize uma entrevista de emprego sem saber nada do candidato. Uma boa dica para acelerar contratações é ter um roteiro padrão de acordo com o seu negócio e algumas anotações importantes sobre a pessoa que você irá entrevistar.

 

Com a aplicação destas hacks, você será capaz de melhorar e acelerar contratações da sua empresa com pouco esforço. Então, prepare-se para um ano de acertos e alta produtividade.

 

E você, gostou das nossas dicas e conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais. Até breve!

 

Fonte: Talent Lyft

As tendências para medicina preventiva e segurança do trabalho

Atualmente o número de trabalhadores que exerce atividades no mercado com carteira assinada e que são submetidos a exames e avaliações da medicina preventiva ocupacional chega a 50 milhões de pessoas. Os métodos para aplicação desses exames sofrem constante aperfeiçoamento, já que de tempo em tempo novas necessidades surgem e os investimentos para a prevenção de doenças ocupacionais são cada vez maiores, resultando em novas tendências para medicina preventiva e para segurança do trabalho.

 

Falando ainda sobre o aperfeiçoamento dos métodos para atender aos trabalhadores de diversos setores, podemos considerar também que as empresas, cada vez mais, buscarão os benefícios da medicina preventiva ocupacional e segurança do trabalho, com o objetivo de evitar a baixa de produtividade, muitas vezes, ocasionada por doenças e acidentes. Os exames clínicos e complementares são fundamentais para uma avaliação criteriosa da saúde dos trabalhadores e, também, auxiliam na identificação de possíveis doenças ocupacionais.

 

A medicina preventiva e segurança do trabalho, quando realizada por profissionais especializados e capacitados, torna-se um mecanismo que contribui para uma melhor qualidade de vida e o bem-estar dos trabalhadores, beneficiando também a produtividade da mão de obra nas empresas.

 

Conheça abaixo as principais tendências para medicina preventiva e tendências para a segurança do trabalho em 2019:

 

Sistema de Gestão

Este sistema tem por objetivo atender as exigências da legislação e implantar uma política de gestão de riscos para controlar os possíveis problemas relacionados à atividade laboral, e é uma grande tendência para medicina preventiva e tendência para segurança do trabalho.

 

Uma das ferramentas que devem ser implantadas para promover o controle das operações é a padronização dos procedimentos administrativos relativos a saúde ocupacional. Esses documentos garantem uniformidade das atividades e refletem o nível adequado de organização de uma instituição.

 

O Safety Gestão de Saúde, por exemplo, é uma ferramenta facilitadora para o dia a dia de gestores que precisam ter informações da saúde dos seus colaboradores e terceiros, para a execução de tarefas com riscos. E também para que deseja realizar ações de medicina preventiva corporativa.

 

É um sistema de gestão poderoso, que garante às autoridades trabalhistas o cumprimento das Normas Regulamentadoras, além de ser uma ferramenta de controle e gestão. Através da interface amigável e intuitiva do sistema Safety, o profissional de segurança do trabalho ou medicina preventiva, pode saber o estado de saúde de um colaborador em tempo real, e receber estas informações por notificações via e-mail, SMS ou diretamente no aplicativo do celular. Assim, a tomada de decisões pode ser mais rápida e assertiva.

 

Uma empresa que se preocupa com a saúde de seus trabalhadores e atenta a legislação trabalhista tem a sua reputação idônea reconhecida. Portanto, uma gestão ocupacional eficiente na medicina do trabalho reflete maior cuidado com os trabalhadores.

Prontuário Online

Neste caso, os dados são armazenados virtualmente e protegidos por sistemas especializados com alto teor de segurança. Os prontuários online dos colaboradores são uma das grandes tendências para medicina preventiva na área da saúde e para os profissionais que atuam na área de medicina ocupacional. Além de manter todos os dados, laudos, diagnósticos e consultas realizadas do paciente, este tipo de sistema permite que as informações sejam acessadas de maneira remota. Além de ser uma tendência para medicina preventiva, é uma grande otimização de tempo e espaço.

 

A diferença é que os softwares mais modernos devem aumentar a capacidade de captação dos dados, incluindo também informações de produtividade, agenda, custo e outros tipos de procedimentos. O Safety, por exemplo, reúne grande parte das informações relacionados a Saúde e Segurança do Trabalho exigidas pelo eSocial. Além de armazenar informações sobre os funcionários, o Safety também comunica acidentes de trabalho e diversas informações sobre o colaborar em tempo real e de maneira remota.

 

Unidades Móveis

O atendimento nas empresas pode ser facilmente ampliado com unidades móveis de saúde, que são clínicas completas sob rodas. Estas unidades se deslocam até o local de atendimento, com médicos e profissionais necessários para o atendimento.

 

As clínicas de medicina ocupacional são adaptadas em veículos de médio e grande porte, que podem oferecer todas as modalidades de exames necessárias às instituições que contratam o serviço, como exames admissionais, demissionais, complementares e periódicos. Além de ampliar o atendimento para os profissionais, a utilização de automóveis promove o acesso linear dos trabalhadores aos serviços oferecidos pela empresa.

Levantamento de indicadores de produtividade

Parece uma atividade simples, mas muitas empresas ainda não estão atentas a esta tendência para segurança do trabalho. Conhecer os principais indicadores da empresa é importante para estabelecer metas em médio e longo prazo. Principais causas de afastamento, percentual e tipo de acidentes de trabalho, treinamento sobre riscos ambientais, análise de pureza da água, nível de satisfação com o ambiente de trabalho são exemplos de indicadores que devem ser analisados periodicamente.

 

Estes indicadores devem ser agrupados de acordo com os setores envolvidos e a necessidade de implantação. Assim, fica mais fácil de saber que o aumento de casos de doenças respiratórias em ambiente de pouca circulação deve ser tratado mais urgentemente do que a insatisfação com a comida servida no restaurante, por exemplo. A partir dessas informações é possível estipular metas gerenciais e operacionais para sanar as principais não conformidades e garantir a produtividade dos setores.

Cipa Online

Nós sabemos que a CIPA, que é regulamentada pela Norma Reguladora nº 5, não é uma tendência, mas sim uma obrigação de todas as empresas regidas pela Consolidação das Leis de Trabalho, a CLT. Ela é formada por representantes do empregador e dos empregados e, por isso, é possível discutir e propor melhorias para a segurança do trabalho. O modelo de votação online através de softwares, dá mais credibilidade para a escolha desses representantes, agiliza os processos e faz com que a divulgação dos resultados seja democrática.

 

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe-o em suas redes sociais para que mais pessoas também aprendam sobre as tendências para medicina preventiva e tendências para segurança do trabalho. Até a próxima!

 

Fontes:

Fórum de Saúde Digital

Healthcare

DDS segurança do trabalho: o que é e os melhores temas

Se você quer saber o que é DDS segurança do trabalho, os benefícios e como realizar, você está no lugar certo. Bem, Diálogo Diário de Segurança, é destinado a gerar no colaborador a conscientização de acordo com as suas atividades diárias, e engloba assuntos como segurança, meio ambiente, saúde e qualidade de vida. Ela é aplicada normalmente em um tempo de 5 a 15 minutos, sempre antes do início da jornada de trabalho de cada colaborador. Este tempo é reservado para discussões e instruções básicas de assuntos relacionados a prevenção de acidentes e segurança.

 

A ferramenta de DDS segurança do trabalho começou na década de 90, e teve sua ampliação para muitas outras ferramentas, como o DDHSMA (Diálogo Diário de Higiene Segurança e Meio Ambiente), DDHS (Diálogo Diário de Higiene e Segurança), DHSMQ  (Diálogo Diário de Higiene, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade), entre vários outros.

 

Como sua própria definição diz, o DDS segurança do trabalho é uma ferramenta muito eficaz quando se trata de prevenção de acidentes de trabalho. É uma medida fundamental e vem ganhando muito espaço, inclusive entre os próprios técnicos de segurança de trabalho, justamente por proporcionar aos trabalhadores a conscientização da importância em ter a segurança aplicada em sua jornada de trabalho.

Leia também As principais normas e regras de segurança do trabalho.

 

Os benefícios do DDS segurança do trabalho

Abaixo, falaremos sobre os principais benefícios que o DDS traz para a instituição que implementa o método, conheça:

  • Redução de custo com assistência médica.
  • Redução considerável de acidentes de trabalho.
  • Melhoria na produção e ambiente de trabalho.
  • Aumento de comprometimento dos colaboradores.
  • Aumento do nível de satisfação e segurança dos funcionários.


Como realizar o DDS

O DDS pode ser ministrado pelo empregador, membros da SESMT e da CIPA, supervisor, técnico de segurança ou funcionário que foi destinado a realizar o procedimento. A primeira medida antes de realizar o DDS é informar aos funcionários o que é esta ferramenta e o porque está sendo inserida no horário de trabalho, é importante ressaltar que pode ser um procedimento simples e rápido mas que traz grande eficiência em relação a prevenção de acidentes.

Fique atento às dicas de ministração do DDS segurança do trabalho:

  • A conversa deve ser ágil, como falamos acima, no máximo 15 minutos.
  • O conteúdo, deve ser objetivo e pontual, além de trazer temas interessantes para atrair a atenção dos colaboradores.
  • Lembre-se de falar a língua do funcionário, sempre.
  • Deixe disponível para todos um calendário com todos os encontros da DDS agendados, juntamente com os temas abordados.
  • Traga pessoas especializadas na área para falar sobre os assuntos tratados, isso passará credibilidade e maior responsabilidade aos colaboradores.
  • Deixe sempre espaço para dúvidas ou sugestões no final de cada DDS.
  • Documente tudo que for tratado no DDS. Pergunte sobre sugestões ou novos tópicos a serem discutidos nas próximas reuniões.4

 

O que não deve acontecer em uma DDS segurança do trabalho:

  • Tema não relacionado com as atividades do dia a dia dos colaboradores.
  • Despreparo e falta de segurança na hora das ministrações.
  • Temas pouco objetivos com baixo índice de compreensão.
  • Não documentar os temas e nem registrar assinaturas dos funcionários.
  • Não elaborar a criação de um calendário de encontros e não divulgar os assuntos para que todos da empresa fiquem bem informados.

 

Preserve o Diálogo

Lembre-se que o DDS trata-se de um diálogo. Então, deixar um tempo maior para debates e colocações do colaboradores é muito importante. Caso se depare com timidez e silêncio por parte dos funcionários, faça perguntas e estimule a interação.  Se participarem, certamente estarão mais dispostos a colaborar. Isso pode levar o departamento de segurança a diagnosticar riscos nos quais não havia pensado. E esse debate, de tão rico, pode até mesmo gerar novos temas para outros DDS no futuro e, vindo da parte mais importante da empresa: sua audiência.

Temas para DDS Segurança do Trabalho

Existem vários temas que podem ser abordados pelo Diálogo Diário de Segurança. Confira abaixo alguns exemplos:

– Primeiros socorros;

– Atos inseguros e segurança no trabalho;

– Educação no trânsito

– Efeitos do ruído no sistema auditivo;

– Controle de Qualidade Total – CQT;

– A iluminação no ambiente de trabalho;

– Legislação ambiental;

– Importância das atividades físicas;

– Reciclagem de resíduos;

– Produtos e clientes;

– Produtividade e sobrevivência;

– Proteção dos pulmões;

– Preparação de áreas seguras;

– Acidentes podem acontecer em qualquer lugar;

– Como prevenir incêndios;

– Oficina limpa é oficina segura;

– Primeiros socorros para os olhos;

– Exposição a substâncias potencialmente prejudiciais à saúde;

– Dicas de segurança;

– Por que as pessoas não usam cinto de segurança?;

– Consciência de segurança;

– A influência do calor no trabalho;

– A responsabilidade de cada um na prevenção de acidentes;

– Dicas de segurança para dirigir em dias chuvosos;

– Postura corporal;

– Maneira certa de trabalhar sentado;

– Legislação Trabalhista Brasileira.


Veja mais sugestões de temas aqui.

 

Essas são apenas algumas atitudes que você pode fazer para evitar que aconteçam acidentes. Esperamos que essas dicas ajudem você a se prevenir e a reduzir o número de acidentes de trabalho na sua empresa de maneira significativa. Gostou das nossas dicas e temas para DDS segurança do trabalho? Então, compartilhe com os seus amigos e os ajude a manter o ambiente laboral mais seguro. Até a próxima.