Como funciona um relógio de ponto digital? Saiba tudo aqui

Antes de entender como funciona um relógio de ponto digital, queremos te dizer sobre a importância em ter este sistema na sua empresa, e quais os seus benefícios.

 

De acordo com o Ministério do Trabalho, empresas com até dez colaboradores não precisam utilizar nenhum sistema de ponto eletrônico, porém, vale lembrar que mesmo com poucos funcionários, esta ferramenta auxilia muito na automatização do controle de horas trabalhadas da equipe e pode evitar ações trabalhistas. Caso você tenha uma empresa pequena, sugerimos que entenda como funciona um relógio de ponto digital e inclua esta ferramenta em sua lista de aquisições futuras.

 

Para as empresas com quantidade superior a 10 funcionários, a legislação brasileira determina o uso do ponto eletrônico e sugere que sejam utilizados apenas aparelhos homologados pelo Ministério do Trabalho. O objetivo principal do governo é evitar fraudes e garantir os direitos do trabalhador e, por isso, entender como funciona um relógio de ponto digital é fundamental para evitar multas e futuros problemas com o MTE.

 

Leia também: Como ganhar agilidade e economizar com Terminais de Autoatendimento

 

Tenha muita atenção: coloque em prática a implementação do ponto eletrônico na sua empresa o quanto antes. A fiscalização do governo tem aumentado exponencialmente e a prevenção é a melhor maneira de evitar penalidades judiciais.

O que é o ponto eletrônico?

Como o próprio nome diz, ponto eletrônico é todo sistema que possibilita a fiscalização dos dados armazenados nos respectivos terminais. Os equipamentos que são homologados pelo Ministério do Trabalho possuem entrada USB, exigência que deve ser cumprida para facilitar a baixa de todos os dados de maneira rápida pelo fiscal. O MAIS IMPORTANTE E RELEVANTE EM UM PONTO ELETRONICO NÃO É SÓ A USB PARA FISCAL, MAS A MRP – MEMÓRIA DE REGISTROS PERMANENTES

Os equipamentos também devem possuir um software específico e garantir que os quatro comprovantes necessários sejam impressos diariamente. Esses comprovantes se referem a entrada e saída dos colaboradores no começo e fim do expediente, assim como saída e retorno do horário de almoço. Além de possibilitar que horas extras sejam contabilizadas.

Controle de ponto manual, mecânico ou digital?

Muito já se ouviu falar em registros de pontos manuais, onde o funcionário é responsável por preencher um livro de ponto com os seus horários de entrada e saída. Esta opção pode até ser a maneira mais barata de gerir a sua equipe, mas, com certeza, é a mais trabalhosa e a que pode trazer mais problemas para o empreendedor.

Investir em um relógio de ponto digital pode poupar a empresa de alguns prejuízos, inclusive legais, no caso de algum erro que ocorra pelo registro incorreto do ponto, ou até da fiscalização na hora de analisar um volume muito grande de tabelas e dados.

O ponto mecânico é o famoso “bater cartão”. Nesta opção, o trabalhador insere o seu cartão de ponto no relógio que por sua vez, imprime o horário de entrada e saída. Apesar de ser um pouco mais prático do que registrar os horários manualmente, com o relógio de ponto mecânico ainda é preciso fazer cálculos e verificações de horas trabalhadas, horas extras e ausências de forma manual.

Tratando-se de segurança, essas duas modalidades são as que mais podem causar prejuízos a empresa, afinal, analisar, transcrever e reunir informações é um trabalho gigante e com alto risco de erros, falhas, fraudes e alterações. Em termos judiciais, esses dois tipos de registros podem dificultar a investigação ou até mesmo serem rejeitados como provas.

Sem contar que um controle de ponto com pouca eficiência, dificulta a fiscalização do Ministério do Trabalho, podendo causar autuações e problemas com a previdência, imposto de renda e FGTS.

 

Agora que já conhecemos o ponto manual e o ponto eletrônico, chegou a hora de conhecermos como funciona um relógio de ponto digital e quais são os seus benefícios. Um relógio de ponto automatizado não só aprimora e gestão de dados da instituição, mas também fornece segurança para ambos os lados. Este tipo de controle evita a possibilidade de fraudes ou alterações de informações referentes a jornada de trabalho.

Os registros de ponto digital possuem todas as funções do relógio de ponto tradicional, somadas às novidades de interação com softwares, aplicativos e diversos dispositivos. O relógio de ponto digital realiza a identificação do usuário através de leitura biométrica, cartão de proximidade ou senha, e registra os horários de saída e entrada, imprimindo também um comprovante de cada acionamento.

 

Os benefícios da utilização são inúmeros, por isso, você precisa saber como funciona um relógio de ponto digital. Características como aumento da confiança entre empregados e funcionário, rapidez no processamento de dados por parte da equipe de RH e maior senso de confiança fazem parte deste sistema. Tudo isso aliados a evidências precisas das horas de trabalho, assegurando ambas as partes em disputas trabalhistas.

 

Como funciona um relógio de ponto digital?

 

Vamos usar como exemplo o sistema W-PE, é referência nacional quando se trata de software para tratamento de ponto eletrônico digital. Nesse sistema conseguimos apurar e controlar as horas trabalhadas e exceções (faltas, atrasos, extras, saídas intermediárias, etc.), até o controle de acesso às instalações da empresa.

 

Leia também: Tudo sobre o eSocial 2019 e as regras para segurança do trabalho

 

As marcações poderão ser digitadas e/ou importadas de qualquer coletor eletrônico, desde que geradas em arquivo texto. O sistema também realiza o controle do Banco de Horas, permitindo períodos distintos por colaborador. Outro recurso importante é o “Script”, que adapta a apuração das horas a exceções estabelecidas por acordos coletivos, proporcionando total autonomia aos usuários. Além da emissão do Cartão Ponto também é possível exportar o movimento de horas para a Folha de Pagamento em arquivo texto.

Se você ainda tem alguma dúvida ou quer trazer a sua empresa para esta realidade, venha falar com a gente.  Com nossas soluções de ponto eletrônico, você tem à sua disposição o que há de mais moderno em tecnologia para gestão de pessoas. Tenha todas as informações em tempo real, atendendo a todo os requisitos do eSocial e MPE.

 

Se gostou deste artigo, não esqueça de compartilhar. Nos vemos em breve.