resiliência no trabalho

Como ter mais resiliência no trabalho e qual sua importância nas empresas

“É preciso ter resiliência no trabalho! ”. Provavelmente você já ouviu alguém falando essa frase em algum momento, não é? O conceito, emprestado da física, tem se tornado palavra-chave para conseguir alcançar equilíbrio e superar adversidades nas rotinas empresariais.  O mercado de trabalho exige inovações e a capacidade de reação constante diante de novas situações que muitas vezes surgem quando menos esperamos. 

Um profissional que tenha resiliência no trabalho é capaz de resistir às dificuldades e encarar de maneira eficiente à pressão e à competição do mercado, sejam em momentos de resultados positivos ou em situações delicadas, como crises econômicas ou demissões. O conceito original de resiliência na ciência trata justamente de materiais capazes de acumular energia quando submetidos à pressão. Ao absorverem o impacto, acabam voltando ao seu estado inicial sem sofrer deformações. 

A resiliência no trabalho tem esse objetivo. Enquanto humanos e funcionários, devemos sempre tentar tirar dos desafios mais árduos, aprendizados e forças positivas para não quebrarmos e nos afetarmos. Mantermos sempre produtivos, apesar das dificuldades. Mas afinal, como conseguir manter a resiliência no trabalho? Esse é o embate de muitos profissionais. Para isso, separamos abaixo algumas táticas para ter mais resiliência no trabalho. Confira! 

Leia também: O que é necessário para alcançar a produtividade na empresa?

Trabalhe o seu autoconhecimento

O primeiro ponto para alcançar a resiliência no trabalho é através de um trabalho diário de autoconhecimento. Você precisa conseguir identificar suas qualidades e pontos de melhoria, ter conhecimento sobre suas limitações, assumindo o que você sabe e o que você ainda precisa aprender. Assim, será possível desenvolver melhor suas competências e habilidades, sendo possível reconhecer quando algo poderia ser diferente no seu dia a dia profissional.

resiliência no trabalho

Com autoconhecimento, você irá se tornar um funcionário mais preparado para tomar decisões mais assertivas, não apenas para sua carreira, mas também para seu perfil enquanto colaborador.  Quando trabalhamos o nosso autoconhecimento, recebemos de maneira mais madura feedbacks negativos.

Aprenda a lidar com suas emoções

Resiliência no trabalho passa por inteligência emocional. Na verdade, saber lidar com suas emoções é essencial em qualquer ambiente, principalmente quando se fala de empresas. Diariamente lidamos com diversas situações e pessoas, com múltiplas personalidades. Um profissional resiliente sabe tomar determinadas atitudes e expressar suas emoções ou opiniões de maneira equilibrada e lúcida. 

Uma empresa que deseja ter sucesso e alta produtividade deve ter sempre equipes plurais. Entretanto essa pluralidade traz um desafio: “como estabelecer bons relacionamentos entre todas as equipes? ”. 

A resiliência no trabalho é um importante passo para construir relações saudáveis e construtivas. Não se trata de esconder o que pensamos ou sentimos, mas sim saber dosar quando algo irá contribuir ou não para o crescimento do todo. 

Pensamento positivo sempre

Provavelmente você já ouviu alguém falando: “positividade atrai coisas boas”, não é? Parece até utópico, porém, mais do que uma crença, ser positivo é saber enxergar nos problemas ou crises, oportunidades de crescimento e amadurecimento. Dentro das empresas, ser otimista e positivo é conseguir sempre achar uma saída ou um rumo alternativo em situações críticas ou que algo não saiu como o planejado. 

Toda empresa passa por momentos de reestruturações, sejam elas físicas ou pessoais, e um profissional que mantenha resiliência no trabalho consegue atuar sempre buscando uma solução para cada novo desafio e enxergar nessas fases uma oportunidade para adquirir mais experiência e se renovar. 

O pensamento positivo dá força e torna possível criar estratégias para continuar sempre nossa jornada, sem nos deixarmos abater pelos problemas, que sempre existirão para tentar nos impedir de crescer e evoluir, seja como profissionais ou seres humanos. 

Leia também: Como chegar lá: segurança no trabalho e qualidade de vida nas empresas

Aprenda na mesma intensidade que você ensina

Um profissional resiliente está sempre aberto ao aprendizado. O maior desafio de qualquer pessoa é reconhecer que não sabe tudo e que todos os dias estamos aptos a descobrir algo novo. Podemos sim sermos especialistas em algo, entretanto mesmo nisso, sempre existirá alguém que poderá nos apresentar algum outro método ou técnica. 

resiliência no trabalho

A resiliência no trabalho está justamente em reconhecer, em variadas situações, novas formas de manter-se ativos e atualizados, sempre articulando correntes de apoios e de conhecimentos mútuos. É àquela velha história de que a “união faz a força”. Quando criamos grupos e vemos no outro um espaço aberto para conversas e diálogos, acabamos construindo empresas extremamente colaborativas, em que todos podem ensinar e aprender algo. 

Essas articulações também assumem papéis essenciais para manter a resiliência no trabalho como algo plural e essencial. Todos nós precisamos contar com pessoas que irão nos compreender e estarem abertas a nos ouvir quando necessário. Um profissional resiliente deixa de lado a vergonha ou orgulho e assume que cada um dos seus colegas pode ser ou se tornar um apoio para qualquer situação. 

Invista em flexibilidade e empatia

Na mesma linha do item anterior, um profissional que preze pela resiliência no trabalho também se mantem sempre aberto a realizar mudanças. Na vida nada é eterno e muitas vezes precisamos nos transformar ou reinventar para seguir tendo resultados ou sendo felizes. 

No ambiente de trabalho isso não muda, principalmente nos dias de hoje. O mercado está cada vez mais volátil e há cada mês algo novo surge exigindo adaptação e inovação. As exigências dos consumidores vão mudando na mesma linha das transformações relacionadas à Gestão de Pessoas. Ser flexível não significa não ter opiniões ou convicções, mas sim, estar pronto para o novo e encará-lo como uma oportunidade de reforçar seus valores e missões enquanto profissional. 

resiliência no trabalho

Hoje o mundo dos negócios exige maior tolerância e criatividade para gerenciar as mais diversas situações. O profissional resiliente pensa sempre em opções, alternativas, criando variadas resoluções de questões e tendo empatia para compreender outras referências. 

Quando você investe em flexibilidade e empatia torna-se mais fácil conseguir se colocar no lugar do outro e entender situações ou pessoas a partir dos diferentes quadros de referências existentes. 

Leia também: Como a depressão afeta a produtividade nas empresas

Como você percebeu, a resiliência no trabalho permeia diferentes situações cotidianas em que passamos. É uma habilidade que precisa ser exercitada diariamente, até mesmo por aqueles que já possuem algumas características citadas nesse texto. Uma pessoa que consegue desenvolver essas habilidades de resiliência conquista inúmeros benefícios, como: eficiência, confiança, proatividade e otimismo. Dessa maneira, irá se diferenciar dos demais, crescendo profissionalmente e alcançando resultados de excelência. 

Se você gostou desse texto, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais e auxiliar mais pessoas a alcançarem a resiliência no trabalho.

Até a próxima!