Reconhecimento Facial: saiba diferentes benefícios dessa solução para controle de acesso

O reconhecimento facial deixou de ser um sonho futurista e se transformou em algo bastante comum no nosso cotidiano. Presente nos celulares e nas câmeras digitais, agora se tornou possível até desbloquear aparelhos e fazer disparos fotográficos apenas olhando para as lentes. O mais incrível é que essa nova tecnologia já transformou também o universo de eventos, empreendimentos e empresas no controle de acesso. Hoje, o reconhecimento facial pode ser considerado o recurso mais avançado usado na segurança de instituições comerciais ou empreendimentos residenciais.

Como funcionam os mecanismos com reconhecimento facial para controle de acesso?

O rosto humano, apesar de ter suas diferenciações de acordo com cada pessoa, possui uma composição básica que não se altera com o passar do tempo. Essas características, como distância entre os olhos, o comprimento do nariz, a boca, bochechas e queixo, por exemplo, são lidas por câmeras e registrada em softwares específicos.

Com o uso de algoritmos, é criado um mapa facial do usuário que, ao ser escaneado, é capaz de reconhecer o emparelhamento das características, independente da posição que a pessoa estiver. De forma mais simples, o reconhecimento facial é capaz de detectar um rosto em formas geométricas e logarítmicas e então montá-lo como como um quebra-cabeça. Para utilizar essa tecnologia, o primeiro passo é identificar, através de uma câmera, a maior quantidade de pontos específicos de uma pessoa, limitando, assim, o formato da face e o espaço ocupado por ela. Com isso, é possível identificar alguém em poucos segundos, abrindo possibilidades no monitoramento de públicos, geração de senhas, entre outros.

Vantagens das aplicações de reconhecimento facial para o controle de acesso, conheça mais:

1 – Segurança

Seu reconhecimento facial individual é um código único aplicável a você. O que isso significa? Que além de mais segura, ela é mais difícil de ser forjada ou falsificada. Criada a partir da medida de cerca de 80 pontos faciais, após gerada, ela é executada nos bancos de dados de identidade para conectar a face a um nome.

Devido ao momento em que nos encontramos, um assunto não para de subir nos rankings dos mais debatidos do mundo: como evitar o rápido contágio do Covid-19. Sabemos que durante a pandemia de coronavírus, evitar o contato, principalmente com pacientes suspeitos, é fundamental para evitar a disseminação do vírus. Para tornar essa identificação mais fácil, alguns hospitais adotaram um sistema com reconhecimento facial para medir automaticamente e à distância a temperatura de todos que entrarem na recepção do hospital. O sistema é composto por uma câmera termográfica e algoritmos para o reconhecimento facial das pessoas.

Quando a ferramenta detecta um paciente com febre, o sistema envia um alerta para a equipe de enfermagem dar início ao protocolo de triagem e isolamento rapidamente. A ideia é que o sistema também passe a ser utilizados em hospitais de campanha, aqueles construídos especialmente para o combate ao novo coronavírus e em hospitais da rede pública. A maior demanda, no entanto, tem sido de indústrias que desejam monitorar a temperatura de seus funcionários. Isso quer dizer que os sistemas de reconhecimento facial no combate ao coronavírus têm contribuído positivamente.

Leia também: Tecnologias no RH: quais as principais soluções e como escolher

2 – Fácil integração

Não precisa se preocupar! Normalmente a tecnologia de reconhecimento facial funciona perfeitamente com os softwares de segurança existentes na sua instituição. Além disso, são considerados fáceis na programação, o que significa menos tempo e dinheiro no desenvolvimento para adequar o software à integração.

3 – Automação

Conhecemos de perto o sistema de reconhecimento manual, que é quando o guarda de segurança ou algum representante oficial da empresa faz o trabalho de identificação. Já a tecnologia de reconhecimento facial automatiza o processo de identificação e garante sua impecabilidade toda vez, sem interrupções. Você não precisará de uma equipe de funcionários para monitorar as câmeras 24 horas por dia, sete dias por semana.

4 – Os sistemas de reconhecimento facial são extremamente precisos

 Dia após dia, os sistemas de reconhecimento facial se tornam ainda mais confiáveis.

Atualmente, a taxa de sucesso é crescente devido ao desenvolvimento de tecnologias de reconhecimento 3D e de câmeras infravermelhas. A combinação dessas tecnologias torna muito difícil burlar o sistema na hora de controlar o acesso. E é justamente essa precisão que torna o sistema de reconhecimento facial tão procurado por empresas e grandes condomínios.

A tecnologia de reconhecimento facial é capaz de oferecer ainda mais segurança?

Com certeza, a resposta é sim! Primeiramente, alguns acreditam que as pessoas conseguem comparar rostos e imagens melhor do que as máquinas. No entanto, o National Institute for Standards and Technology (NIST) compartilhou recentemente um estudo de tecnologias de reconhecimento facial que estão pelo menos dois anos atrás dos modelos usados no Amazon Recognition e concluiu que, mesmo as tecnologias mais antigas, poderiam superar as habilidades humanas de reconhecimento facial.

Leia também: O que é People Analytics e como essa tendência vai transformar a Gestão de Pessoas da sua empresa 

Em segundo lugar, como em todos os sistemas probabilísticos, a mera existência de falso-positivos não significa que o reconhecimento facial é falho. Em vez disso, ele reforça a necessidade de seguir as melhores práticas, como definir um limite de similaridade razoável que se correlacione com o caso de uso determinado. Além disso, uma das vantagens dessa tecnologia é que ela aprende e melhora continuamente, de modo que falso-positivos podem ser reduzidos com o tempo.

EXTRA: Conheça outras grandes empresas que estão usando sistemas de controle facial em diversos projetos e produtos já disponíveis para o público geral:

Apple: incluiu em sua linha premium de celulares o reconhecimento de íris e reconhecimento facial para liberar a tela de comandos. De maneira semelhante, a Apple com seu Face ID, proporciona autenticação intuitiva e é ativado pelo sistema de câmera TrueDepth de última geração que usa tecnologias avançadas para mapear a geometria do rosto com precisão. Basta um olhar e o Face ID desbloqueia o Iphone X com segurança.

Ticketmaster: empresa responsável por criar, distribuir e vender ingressos para espetáculos musicais, teatrais e desportivos, aderiu à tecnologia de reconhecimento facial para agilizar a entrada do público aos shows, assim não há a necessidade de entrega de ingressos físicos.

GOL: lançou um app com check-in por reconhecimento facial. O Selfie Check-In trata-se de uma inovação no mercado e já está disponível para todos os clientes da companhia. A empresa é a primeira aérea no mundo a oferecer essa possibilidade aos passageiros, tanto em voos domésticos, quanto internacionais.

Conheça nossa solução de Reconhecimento Facial

Percebemos ao longo do texto que essa tecnologia comprovada e já em uso, tende a expansão contínua. Alcançando uma automação jamais experienciada e se tornando ainda mais escalável, de aprendizado profundo e contínuo. Desta forma, trará ainda mais benefícios e facilidades nas rotinas de pessoas, tanto numa esfera pessoal, como corporativa.

Se você gostou do nosso artigo, não deixe de compartilhar em suas redes sociais. Até mais!